segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

atropelo

dizer que os atrasos estavam perdoados e também a inércia: os encontros perdidos só poderiam mesmo terem sido perdidos: o fato é sabido, as pernas é que engancham: mas sabem, feito tatus: há coisas que se dizem d'outro modo: vou sentir e sinto os teus pés virgens explorando o cascalho pernambuco como se fossem meus: te forrarei de cartas sobre nada, porque crescer é um nada, talvez com mais contornos: obrigada por não sabermos de nada, senão disto: hay que andar y doer
decidimos, às 17h27, abolir todos os contornos
viramos água

2 comentários: