terça-feira, 7 de agosto de 2012

QUALQUER COISA

Canta, Caetano
Baiano
Bicho estrangeiro
Marinheiro
Chuva e suor
Todo o amor
De coração vagabundo
Esse teu setenta
A gente tenta
Entender
Sem crer
Ouvir
Teu som
Dia bom
Tropical
Lenço não
Documento não
Não proibição
Sem encher
Larga
Louco por ti
Louco contigo
Em Sampa, Rio
London ou na Bahia
Canta, Caetano
A elegia
Alegria, alegria.


Nenhum comentário:

Postar um comentário